(11) 3545-7780 Sugestão de Pauta: guia@borala.com.br
#Rolês

Guia — 18º Festival de Inverno de Paranapiacaba tem programação gratuita nos dois últimos fins de semana de julho

Promovido pelo Sesc Santo André, o evento tem atrações vão desde shows, concertos, espetáculos teatrais, circenses e de dança a intervenções e oficinas.

Guia — 18º Festival de Inverno de Paranapiacaba tem programação gratuita nos dois últimos fins de semana de julho | boralá
2.04Kviews

O Festival de Inverno de Paranapiacaba é um dos mais tradicionais da região do ABC, principalmente por ser um dos mais aclamados no inverno paulista. Neste ano, o evento comemora seu 18º ano com programação gratuita nos dias 21, 22, 28 e 29 de julho.

Como nas edições anteriores, a parceria com o Sesc Santo André garantirá uma programação especial no Clube União Lyra Serrano e pelos arredores da vila. Os espaços receberão atrações que vão desde shows, concertos, espetáculos teatrais, circenses e de dança a intervenções e oficinas. que convidam o público a olhar, participar e interagir.

Guia — 18º Festival de Inverno de Paranapiacaba tem programação gratuita nos dois últimos fins de semana de julho | boralá
Audiotour Ficcional

Para conhecer Paranapiacaba de um jeito diferente, a vivência Audiotour Ficcional convida os visitantes para um passeio pelos arredores da vila. Com fones de ouvido e aparelhos de MP3, os participantes mergulharão na história de ficção O Homem do Chapéu, que apresentará via áudio alguns personagens envolvidos em uma trama de mistérios. A história, que começa a partir de um passeio pela cidade, torna-se um passo a passo para uma história policial que se encontra com a própria história da vila de Paranapiacaba.

PROGRAMAÇÃO

Entre os destaques da programação estão os shows da Emblues Beer Band, que mescla influências do jazz, blues, folk e música regional brasileira, e o Trio Sinhá Flor, que apresenta rico repertório do forró tradicional em um trabalho de pesquisa e difusão da cultura nordestina, entre outras grandes atrações.

Abaixo você confere a programação completa de cada fim de semana:

Dias 21 e 22/7 – sábado e domingo
MÚSICA

Emblues Beer Band – sábado, às 15h. Livre.

Tributo a B.B. King, com Nuno Mindelis, Victor Biglione e Greg Wilson – sábado, às 18h. 12 anos.

Guga Stroeter & Orquestra Heartbreakers – domingo, às 18h. 12 anos.

Intervenção
Discotecagem, com DJ Simoníssima – sábados e domingos, de 21 a 29/7. Livre.

CIRCO
Guia — 18º Festival de Inverno de Paranapiacaba tem programação gratuita nos dois últimos fins de semana de julho | boralá
A Sanfonástica Mulher-Lona

Espetáculos
Intimisterium, com Ricardo Malerbi – sábado e domingo, às 12h. Livre.

A Sanfonástica Mulher-Lona, com Livia Mattos – sábado e domingo, às 16h. Livre.

Projeto Fusões – Experimentos, com Núcleo de Experimentos Malabarísticos – domingo, às 15h. Livre.

Vivência
Malabarismo Possível – sábado e domingo, às 12h. Livre.

DANÇA

Performances Fabulosas, com Carolina Velasques – sábado, às 14h. Livre.

Pow Pow Pow, com Bollywood Clown – domingo, às 14h. Livre.

TECNOLOGIAS E ARTES
Guia — 18º Festival de Inverno de Paranapiacaba tem programação gratuita nos dois últimos fins de semana de julho | boralá
Paisagem Invertida, com Cidade Invertida

Oficinas – sábado e domingo, das 12h às 16h30. Livre
Bololofos, com Cia. Bololofos.

  • Caramba, Carimbo!, com Editora Lote 42.

Sem restrições de idade, o público é convidado a montar um livro manualmente e usar a criatividade para construir o seu conteúdo a partir de uma ampla seleção de carimbos com padrões, texturas, figuras geométricas e trechos da literatura brasileira selecionados para a atividade.

  • Paisagem Invertida, com Cidade Invertida.

O trailer do Cidade Invertida é utilizado como câmera fotográfica gigante, onde os participantes podem observar a cena exterior à ela projetada no interior e invertida numa tela translúcida. De forma lúdica e interativa, o público praticará a fotografia com câmeras de orifício, construídas com caixas/latas, acompanhando a seguir o processo de revelação química da imagem, base da fotografia tradicional preto e branco.

  • Estampas em Sacolas de Tecido, com Jardim Miriam Arte Clube.

Nesta oficina, os participantes poderão aprender as noções básicas da técnica de estêncil, que consiste na pintura seriada a partir de molde vazado obtido por recorte de desenhos em folhas de acetato. As impressões serão desenvolvidas em sacolas de tecido e as padronagens serão relacionadas com a Vila Inglesa de Paranapiacaba.

  • Câmera Mágica, com Cidade Invertida.

Esta oficina é voltada principalmente a crianças e jovens, pelo seu caráter investigativo. O objetivo é unir a construção artesanal de um objeto óptico (uma câmara obscura portátil), com a criação visual do mundo por cada indivíduo, através do enquadramento e organização imagética das imagens, projetada no interior do dispositivo. A vivência continua após a oficina, quando o participante leva seu aparato para casa.

  • Tecimento Livre – Macramê Moderno, com Letícia Matos.

A artista ensina técnicas de tecimento livre, em que não é preciso usar ferramentas, como agulhas, para entrelaçar os fios. Os tecidos são confeccionados com as mãos e dedos e diversos tipos de nós. Os participantes vão conhecer as técnicas e produzir um suporte de plantas.

LITERATURA

Intervenção
Palavras Errantes, com Emile Andrade – sábado, das 12h às 14h. Livre.

Máquina de Fazer Poemas, com Prana Teatro – domingo, das 12h às 14h. Livre

Contação de Histórias
Mediação de Leitura, com Muda Práticas Culturais e Educativas – sábado, das 12h às 16h. Livre. 

TURISMO

Vivência
Audiotour Ficcional, com BiNeural-MonoKultur – sábados e domingos, de 21 a 29/7. 16 anos.

Dias 28 e 29/7 – sábado e domingo
MÚSICA
Guia — 18º Festival de Inverno de Paranapiacaba tem programação gratuita nos dois últimos fins de semana de julho | boralá
Trio Sinhá Flor

Trio Sinhá Flor – sábado, às 15h. Livre.

Nomade Orquestra – sábado, às 18h. 12 anos.

Fuá Cortejada, com Grupo Pífanos Flautins de Matuá – domingo, às 15h. Livre.

Orquestra Sinfônica de Santo André (OSSA) – domingo, às 18h. 12 anos.

TEATRO

Espetáculo
As Presepadas de Damião, com Damião e Cia. de Teatro – domingo, às 14h. Livre.

Intervenção
Onipotência do Sonho, com Centro Teatral e Etc e Tal – domingo, das 14h às 16h30. Livre. 

CIRCO

Matcha, com Celio Amino – sábado e domingo, às 12h. Livre.

TECNOLOGIAS E ARTES
Guia — 18º Festival de Inverno de Paranapiacaba tem programação gratuita nos dois últimos fins de semana de julho | boralá
Construção de Mané Gostoso, com Matsuhik

Oficinas – sábado e domingo, das 12h às 16h30. Livre.

  • Construção de Mané Gostoso, com Matsuhiko.

O Mané gostoso é um brinquedo articulado, suspenso em um fio, preso entre duas varetas de madeira e que pela pressão da mão produz movimentos de malabarismo. O público terá a oportunidade de produzir e personalizar o seu próprio boneco.

  • Monóculos Fotográficos, com Roger Sassaki.

Os participantes desta atividade acompanham a produção dos monóculos, desde a fotografia com câmera analógica à revelação do filme e à montagem dos visualizadores com lente. Todos os monóculos ficam expostos para que o público possa relembrar como era ter uma fotografia em um ponto turístico ou evento especial, como um circo ou parque de diversões.

  • Ateliê Itinerante: Um Passeio Serigráfico, com Quiosco Cultural.

O público do Festival de Inverno de Paranapiacaba terá a oportunidade de conhecer a técnica da Serigrafia, cada participante irá imprimir sua própria gravura com temas dos pontos turísticos da Vila. Após a impressão serigráfica, poderão colorir suas gravuras com o uso de rolinho de espuma com diversas cores no formato de ateliê aberto.

  • Dr. Gepetostein e os Brinquedos Mutantes, com Coletivo Unsquepensa.

Inspirados pelo criador do boneco do Pinóquio e pelo doutor Victor Frankenstein, o grupo paulista promove uma oficina para reaproveitar, modificar e ressignificar brinquedos usados, velhos e quebrados. Com a troca das partes de bonecas e bonecos, carrinhos e outros objetos, os participantes usam a criatividade para dar vida aos novos seres do universo da brincadeira.

  • Marchetaria, com Marcelo Bioni.

Oficina de marchetaria onde os participantes aprendem sobre esta técnica e produzem um marcador de páginas.

  • Oráculo das Folhas: O Que o Vento Sopra, com Clarice Borian.

A oficina tem o objetivo de transmitir para o público a vibração da natureza e da palavra, e somar a essa força a delicadeza do bordado. Podendo assim, ampliar o olhar sobre as árvores, a natureza, a simplicidade. Os participantes bordarão palavras poéticas em folhas secas e receberão uma semente de árvore nativa a ser cultivada.

LITERATURA

Intervenção

Palavras Errantes, com Emile Andrade – sábado, das 12h às 14h. Livre.

Máquina de Fazer Poemas, com Prana Teatro – domingo, das 12h às 14h. Livre.

Contação de Histórias
Mediação de Leitura, com Muda Práticas Culturais e Educativas – domingo, das 12h às 16h. Livre. 

Mais informações em www.santoandre.sp.gov.br/fip/

E hoje?! Boralá!


Comenta aí! Para comentar você tem que estar logado no facebook.
Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade sua.

DEIXE SEU COMENTÁRIO


Leave a Response