(11) 3545-7780 Sugestão de Pauta: guia@borala.com.br
#Lazer e Turismo

Passeio de Helicóptero em São Paulo

Que tal um passeio romântico de helicóptero para sair da rotina?

Passeio de Helicoptero em SPPasseio de Helicoptero em SP
Passeio de Helicoptero em SPPasseio de Helicoptero em SP
Passeio de Helicoptero em SPPasseio de Helicoptero em SP
443views

Que tal fazer algo diferente??? Contemplar a cidade das alturas é uma experiência inesquecível!

Longe do estresse do trânsito, com segurança e conforto, o visual da capital paulista deixa qualquer um de boca aberta. Durante o passeio de helicóptero, a aeronave, que parte do aeroporto Campo de Marte (zona norte) voa a uma altitude de 150/200m, o que permite ver com muita clareza diversos pontos turísticos como a Estação da Luz, Terraço Itália, Catedral da Sé, Pátio do Colégio, Teatro Municipal, Museu do Ipiranga, Avenida Paulista, Parque do Ibirapuera, Estádio do Pacaembu, Cidade Universitária, Memorial da América Latina, Sambódromo, edifício Copan e o Mercado Municipal.

Os pacotes aéreos da High Class vão desde o voo panorâmico de 30 minutos até os que incluem abordagem surpresa; sala VIP exclusiva no Campo de Marte com bebidas, bombons finos e retrospectiva do casal em fotos; pouso surpresa no heliponto de hotel cinco estrelas incluindo jantar romântico, suíte especialmente decorada e café da manhã; almoço ou jantar no Terraço Itália, um dos restaurantes mais conceituados de São Paulo, e  fotógrafo. Há também opções com voo panorâmico até o litoral, pouso na marina Astúrias (Guarujá/SP), almoço completo e retorno à capital de helicóptero. 

A High Class, cadastrada na Infraero, e única empresa do setor com sede no Campo de Marte. Bruno La Laina e Guilherme Gracio, sócios do empreendimento, sempre explicam ao cliente que para realizar um voo de helicóptero é preciso checar se ele é homologado para táxi aéreo, pois diversas companhias vendem voos em aeronaves particulares, o que é proibido, por não ter como atestar os requisitos de segurança. Para ter essa certeza, tem de entrar no site da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), digitar o prefixo da aeronave e verificar se em “categoria de registro”, consta TPX.

 

Boralá?