(11) 3545-7780 Sugestão de Pauta: guia@borala.com.br
#Dica de Rolê da Semana

Street art em São Paulo – roteiro dos principais graffitis na cidade

São Paulo ganhou novos graffitis e você precisa conhecer! | boralá
São Paulo ganhou novos graffitis e você precisa conhecer! | boralá
São Paulo ganhou novos graffitis e você precisa conhecer! | boralá
Cambuci - Os gêmeos
Marcelo Eco - CIT da República
Beco do Batman
Beco do Aprendiz
Kobra - Pinheiros
CIT República
Avenida Cruzeiro do Sul
269views

São Paulo pode ser considerada uma galeria a céu aberto. Por onde quer que você passe, é impossível não notar a quantidade de arte exposta pelos muros da cidade, que parece estar constantemente dialogando com as pessoas. São lambes repletos de poesia, protestos ou imagens, que dividem o espaço com o colorido dos graffitis, assinados por nomes conhecidos ao redor do mundo, como Kobra, Os Gêmeos, e Chivitz, entre outros artistas também muito talentosos, ainda em ascensão.

Marcelo Eco – Washington Luiz

Em regiões de classe média ou na periferia, as obras do street art paulistana estão sempre em transição, fazem parte da capital e valem ser apreciadas.

Não tem como falar do assunto sem lembrar da boêmia Vila Madalena, casa do Beco do Batman, nas Ruas Gonçalo Afonso e Medeiros de Albuquerque. O local é dedicado ao graffiti desde a década de 80, e é hoje um dos principais pontos turísticos de SP. Ali, os artistas têm suas próprias regras, como respeitar os espaços — quem pintou em determinado muro é o “proprietário”, e se outro grafiteiro quiser expor seu trabalho naquela área específica, deve antes pedir autorização para o então “dono”.

Beco do Batman

A importância do Beco do Batman trouxe algumas mudanças, como a proibição do estacionamento de carros e a instalação de luzes de LED, permitindo a visibilidade noturna e aumentando a segurança de quem por ali passa. Vale incluir no rolê as ruas Mario de Alencar, Harmonia, Luiz Gama, e Belmiro Braga, onde está o Beco do Aprendiz. Nesses pontos podem ser vistas obras de Speto, Kobra, Paulo Ito, Mundano, do inglês Fin DAC, entre outros.

Beco do Aprendiz

A poucos metros dali, já em Pinheiros, encontra-se o Beco do Lira, próximo a praça Benedito Calixto e a rua Teodoro Sampaio, na Paulo Gonjito de Carvalho. A viela que é um pouco mais estreita do que o Beco do Batman, tem graffitis de Crânio, Alex Senna, Thiago Goms, e mais.

Ainda em Pinheiros, nas ruas Pedroso de Moraes e Sumidouro, estão algumas das obras mais bonitas e realistas de Kobra, com um grande painel de Chico Buarque e Ariano Suassuna, e mais três pinturas, no mural Club 27, com Janis Joplin e Amy Winehouse, Jimi Hendrix e Jean-Michel Basquiat, e Jim Morrisson e Kurt Cobain.  

Kobra – Pinheiros

No Centro da cidade é possível encontrar graffitis em diversos pontos, como no CIT República, porém o destaque vai para duas obras incríveis do carioca Marcelo Eco, uma na Avenida Ipiranga, esquina com a Rua do Boticário, e outra na Avenida Prestes Maia, esquina com a Rua Washington Luiz, conhecida como Avenida Tiradentes.

Avenida Ipiranga

Os graffitis também ganham os muros do tradicional bairro oriental da Liberdade. Muitos deles de Titi Freak e Whip, inspirados em mangás, podem ser vistos na rua Sinimbu, e nos arredores das ruas Galvão Bueno e da Glória.

Já na Zona Norte, em Santana, mais precisamente na Avenida Cruzeiro do Sul, nas pilastras que sustentam as estações de Santana, Portuguesa-Tietê e Carandiru, da Linha Azul do Metrô, estão diversos desenhos de grafiteiros como Speto, Zezão, Larkone, Onesto, Binho, Minhau, Akeni e Chivitz.

Avenida Cruzeiro do Sul

Agora, quando o graffiti entra em pauta, Os Gêmeos não podem ficar de fora. Os irmãos Otávio e Gustavo Pandolfo, internacionalmente conhecidos, assinam obras expostas em diversos muros do Cambuci, onde os dois cresceram. Não deixe de passar pela rua Lavapés com a Justo Azambuja, e na Rua Cesário Ramalho. O bairro, é claro, também abriga desenhos de outros famosos grafiteiros e novos artistas do ramo.   

Cambuci – Os gêmeos

Qual é o seu preferido???


Notice: WP_Scripts::localize foi chamada incorretamente. O parâmetro $l10n deve ser um array. Para passar um dado arbitrário para os scripts, use a função wp_add_inline_script() ao invés. Leia como Depurar o WordPress para mais informações. (Esta mensagem foi adicionada na versão 5.7.0.) in /var/www/borala.com.br/htdocs/wp-includes/functions.php on line 5535

Notice: WP_Scripts::localize foi chamada incorretamente. O parâmetro $l10n deve ser um array. Para passar um dado arbitrário para os scripts, use a função wp_add_inline_script() ao invés. Leia como Depurar o WordPress para mais informações. (Esta mensagem foi adicionada na versão 5.7.0.) in /var/www/borala.com.br/htdocs/wp-includes/functions.php on line 5535

Notice: WP_Scripts::localize foi chamada incorretamente. O parâmetro $l10n deve ser um array. Para passar um dado arbitrário para os scripts, use a função wp_add_inline_script() ao invés. Leia como Depurar o WordPress para mais informações. (Esta mensagem foi adicionada na versão 5.7.0.) in /var/www/borala.com.br/htdocs/wp-includes/functions.php on line 5535

Notice: WP_Scripts::localize foi chamada incorretamente. O parâmetro $l10n deve ser um array. Para passar um dado arbitrário para os scripts, use a função wp_add_inline_script() ao invés. Leia como Depurar o WordPress para mais informações. (Esta mensagem foi adicionada na versão 5.7.0.) in /var/www/borala.com.br/htdocs/wp-includes/functions.php on line 5535

Notice: WP_Scripts::localize foi chamada incorretamente. O parâmetro $l10n deve ser um array. Para passar um dado arbitrário para os scripts, use a função wp_add_inline_script() ao invés. Leia como Depurar o WordPress para mais informações. (Esta mensagem foi adicionada na versão 5.7.0.) in /var/www/borala.com.br/htdocs/wp-includes/functions.php on line 5535