(11) 3545-7780 Sugestão de Pauta: guia@borala.com.br
Cadê a Gabi ?

#VoltaAoMundo: Conhecendo as Ilhas Gili na Indonésia

Depois do paraíso de Bali, mais um lugar paradisíaco na Indonésia

703views

Hey galerinha que gosta de viajar 🌎😎 Vamo continuar falando da Indonésia? Agora a gente sai um pouco de Bali e entra em outra ilha: as Gili’s 😃😃

Então peguei a motoca, sai de Ubud e pilotei até Pandang (umas 2h mais ou menos); as Gili’s lembram Jericoacora: não existe asfalto e motos e carros não circulam por lá, então você faz tudo a pé ou aluga uma bike, sendo assim, deixei a moto em Pandang (no office onde comprei a passagem do ferry) e paaaaartiu Gili Trawagan ✨✨✨

Utilidade do dia: existem 3 Gili’s: Gili Trawagan (maior, mais estruturada, island party), Gili Meno (menor de todas, com apenas poucos hotéis), Gili Air (menos estruturada que Gili T, mas é bem legal, vale a visita também!).

Minha primeira parada foi Gili T, fiquei  uns 5 dias por lá e deu pra aproveitar bastante a ilha! Assim, todo dia tem uma fextinhaaa se você quiser hehe e não sei se já comentei com vocês que a cerveja mais famosa da Indonésia se chama Bintang? E É HORRÍVEL MINHA GENTE 👎🏽 😞 Porque?

-Por que é muito fraquinha. Parece que você tá bebendo água, dai beber na Indonésia não é a coisa mais barata do mundo e pra esperar ficar bebado com Bintang: hahaha, espera sentado 🤷🏼‍♀️ Então foi em Gili T que comecei a degustar outras bebidas alcoólicas que são made from Indonesia: rice wine e banana wine (que são destilados, que tem um gostinho até que gostoso, são super baratos e só basta uma garrafa hahaha). Quem me apresentou essas bebidas foram pessoas locais, que conheci através de um miguxo que fiz em Ubud e a gente se encontrou de novo em Gili T (o ginger-norueguês-mais-engraçado que se tem notícia até hoje!) ele se hospedou num lugar e fez umas amizades locais que foram as melhores do rolê! Sorte a minha que conheci esse povo também 💙 {e se preparem, quando se viaja num país, toda hora você reencontra as pessoas: em Gili reencontrei muita gente que conheci em Ubud, aquela galera bacana que fizeram o rolê ficar topzera lembram? 🙌🏾 #épralouvardepéigreja}

Então, agora vou contar essa história aqui, #prestatenção: um dia eu acordei me sentindo garota do off, com pique de maratonista do domingo espetacular de manhã; aí decidi pegar um SUP e ir de Gili T a Gili Meno (em Gili Meno existe uma atração muito famosa que são as estátuas no fundo do mar e eu super queria ver) dai deixei minhas coisas no cara do aluguel do SUP e parti pra Gili Meno. MANODOCÉU, pra ir até que foi ok: cheguei no local das estátuas, aí tava cheio de barco de excursões, pedi num barco pra amarrar o SUP, ir nadando até as estátuas e voltar nadando super rápido de volta porque o barco queria ir embora. Aí não satisfeita, tirei meu celular da bolsa (que tinha deixado no barco) e pedi pro barqueiro tirar uma foto minha hahaha. Até aí tudo bem Brasil, perrengue de leve, belezinha. Na volta eu comecei a pagar todos os meus pecados: o vento me jogou pro outro lado da praia e eu não conseguia voltar de jeito nenhum pro lugar onde aluguei o SUP, aí comecei a cansar e pensei “porra, vou pra areia porque se continuar nesse pique na água, vou morrer e não posso morrer como indigente, hoje não” haha aí com muita dificuldade cheguei na margem, beijando terra firme e jurando que nunca mais pagaria pra sofrer 😒MASOPIOOOR era que eu tava numa margem muito longe de onde aluguei o sup; e AGORA MINHA NOSSA SRA DO PERRENGUE? Como que eu ia levar aquela prancha que pesava uns 10 kgs? Aí lá vai eu me aomilhar pro indoneca, pedindo ajuda pra levar a prancha comigo! NOSSA, NESSE DIA EU FIZ UM CROSSFIT baixa renda, que vocês não tem noção! Aí chegando no cara do aluguel tive mais uma surpresa: ROUBARAM MINHA HAVAIANAS do lugar de onde eu tinha deixado! EU FIQUEI COM TANTO ÓDIO, que eu dizia que ia chamar a polícia, que ele era um moleque, não era um homem,

AÍ EU SIMPLESMENTE PEGUEI A PRIMEIRA HAVAIANAS QUE VI, uma havaianas de pedreiro, que cabiam 2x o meu pé! #saudadesdaminhahavaiana até hoje 😣 hahaha

Em Gili T aproveitei pra relaxar, curtir umas fextinhas, dar rolê de bike pela ilha e reencontrar a galera 😜🤗

De lá fui pra Gili Air, onde fiquei uns diazinhos também… e apesar de bem mais calma e comportada que a irmã Gili T, conheci uma galera sensacional 😃🤙🏾

Confesso que eu senti falta de Gili T, acho que não tava tão preparada pra deixar a party island ainda; e a calmaria de Gili Air foi meio que um choque 😳

Mas assim, quando vocês forem, vocês vão ver o quanto cada ilha é diferente e única ao mesmo tempo, o que aumenta a mágica que envolve elas!

Ah, se você gosta de viver a vida na intensidade, nas Gili’s o mushroom shake é muito famoso 🍄 

Eu sinceramente não provei lá, porque tava com medo de dar tiú-ti na cabeça HAHAHA, Mano essa coisa de alucinógeno é MOINTO DOIDJA (aí arreguei) 😒 maaaas na Tailândia eu tomei e vou contar pra vocês como foi quando chegar a hora 😉😜🧚🏻‍♀️

Depois das Gili’s parti pra Nusa Penida, outra ilha da Indonésia, onde vi as paisagens mais incríveis que meus olhos já captaram até hoje! #muitaemoção 😍

Próximo #relatodebordo vai ser o último sobre a Indonésia e vamo tentar fechar com Nusa Penida e Uluwatu (que é uma outra cidade de Bali, que fiz quando voltei de Nusa).

Então é issonnnnnn queridons: espero ver vocês no próximo post, nesse mesmo Bat-local, hasta luego ✨🌎 


Comenta aí! Para comentar você tem que estar logado no facebook.
Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade sua.

DEIXE SEU COMENTÁRIO


Leave a Response